Bruno Rocha, campeão paulista de bodyboard, confiante para o Paúba Super Tubos 2022


Bruno Rocha / Foto Divulgação


Com um título de campeão em 2021 e dono de dois vice-campeonatos no Paúba Super Tubos (2019 e 2020), o guarujaense Bruno Rocha, atual campeão paulista profissional de bodyboard, está mais que confiante para competir nesta quinta edição do evento, com “janela aberta" desde o último sábado (28/05) e conta com o patrocínio da OnBongo.

Aos 33 anos, Bruno é um amante das ondas grandes, cavadas e pesadas. "Estou bastante confiante para este campeonato. Conheço bem as ondas da Paúba. Pego onda de Bodyboard há 25 anos e Paúba é o tipo de onda que eu amo, que os bodyboarders amam, e também é uma onda pesada, não igual de formação, mas bem pesada como o meu quintal de treino aqui no Guarujá. Sou um amante das ondas grandes, sempre busco elas pelo nosso litoral e vou muito para Itacoatiara (Rio) onde acredito ser a onda mais pesada do Brasil", revelou.

A janela tem prazo até o dia 13 de julho, e o evento só terá bandeira verde para começar quando as condições estiverem perfeitas para criarem ondas tubulares. Os surfistas terão apenas 72 horas para chegarem em Paúba, assim que o evento estiver confirmado. O Tubo é a manobra, sendo a base do critério de avaliação.

"Sigo treinando forte em busca do bicampeonato do Paúba Super Tubos, espero que tenhamos este ano um Big swell clássico com aquele terral mágico", disse. "Quando a Paúba rola, temos figurinhas marcadas no outside. O João (idealizador do evento) fez de um evento pequeno, mas de coração, com pouco recurso, um campeonato que vem ganhando corpo a cada ano, com grandes surfistas competindo e fazendo o que gosta nas condições mais desafiadoras, o resultado da popularidade do evento foi só consequência da soma de tudo que ele propôs a nós", finalizou Bruno.


Bruno Rocha, na última edição do Paúba Super Tubos / Foto Divulgação

Esta edição do Paúba Super Tubos 2022 conta com o patrocínio da OnBongo e apoios da Ativa House, Ohana Açaí, Moosse, SORRIX, Sup Valezin, Pico do Paúba, Barraca do Anderson, Cerveja Corona, Gênesis, Leme Construções, Zé do Coco, HuiHuê, Amo Paúba, Restaurante Terral e Stickeria Santista. Colaboração da Prefeitura de São Sebastião por meio da Secretaria de Esportes, Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf) e Associação de Surf de São Sebastião (ASSS). Divulgação Waves.

27 visualizações0 comentário