Circuito APGS de Surf apresenta seus campeões 2021


A final do Circuito Sculp APGS de Surf 2021, aconteceu no último domingo (14/11), realizado pela Associação Praia Grande de Surf (APGS) e homologado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo, e apresentou os campeões da etapa e líderes do ranking municipal 2021. O jovem Vini, na história do surfe da cidade e, talvez, do Estado de São Paulo, cravou um recorde com apenas 10 anos de idade quando o assunto é estar no topo de rankings municipais. Com uma campanha impecável desde a primeira etapa Vini mostrou técnica e uma variedade de manobras que contribuíram para terminar o circuito da Praia Grande na liderança em quatro categorias: Sub 10, Sub 12, Sub 14 e Sub 16. “Eu estou muito feliz em terminar o ano com todas esses títulos”, disse Vini Palma.


Outro feito que merece comemoração é o tricampeonato praiagrandense conquistado pelo local Diego Bispo, que fez barba cabelo e bigode ao ser anunciado antecipadamente como campeão do ranking municipal na Open no sábado e, no domingo, ter vencido a bateria e também sair vitorioso da etapa. “Foi um evento muito bom e toda a organização está de parabéns. Este circuito ficará marcado pela oportunidade que se abriu ao surfe adaptado”, disse Diego Bispo.


Para o presidente da APGS, Michael Cardoso, o caminho está traçado. “Estamos no caminho certo e proporcionamos à cidade da Praia Grande um evento a altura dos nossos atletas. Estamos formando campeões e logo eles estarão levando o nome da cidade mundo afora. Também começamos a trabalhar o surfe adaptado e quem sabe nas próximas olimpíadas não teremos um atleta de São Paulo representando o Brasil no surfe paraolímpico? Quero registrar aqui, nesta fala, todo o meu agradecimento a equipe que trabalhou dia e noite para que o circuito fosse realizado e aos apoiadores, patrocinadores, porque sem eles nada disso aconteceria”, comentou.


No domingo, a primeira final a ser disputada foi a Sub10, e Vini garantiu o primeiro lugar, deixando em segundo Leo Yagi. Na terceira colocação ficou Samuel Martinez e Enrico Pissiquelli finalizou em quarto lugar.


As competidoras do Longboard apresentaram um surfe clássico nas ondas de Boqueirão nesta etapa decisiva. A santista Kaylane Souza foi a grande campeã da etapa e em segundo lugar ficou Kettelyn Alves. A terceira colocação foi conquistada por Priscila Dias.


Na categoria SUP, a etapa foi vencida pelo experiente Macaruba, que mostrou toda sua maestria dentro d’água. Em segundo lugar ficou Karl Stricker e na terceira posição finalizou o vicentino Luk Luciano.


Vini Palma, um campeão em construção voltou a vencer na Sub 12. Guilherme Noé finalizou a decisiva etapa do Sculp APGS de Surf 2021 na segunda posição, Gabriel Yagi na terceira e Nathan Felício na quarta colocação.


A Associação Praia Grande de Surfe também mostrou inovação em seu circuito e abriu as portas para o surfe adaptado, proporcionando a inclusão dos surfistas especiais nas competições e o atleta Thiago Jurgensen faz história ao ser o primeiro campeão desta categoria na cidade da Praia Grande. Em segundo lugar ficou Rafael Rodrigues. Na terceira colocação Vitor Iglesias e em quarto lugar Junior Reis.


Na categoria Master, para surfistas acima dos 35 anos, Anderson Robert sagrou-se o grande campeão. Rodrigo Silva fechou a segunda e última etapa em segundo lugar e Marcos Vale na terceira posição. Na quarta colocação ficou João Carlos Chaves.


Na Sub14 Masculino Pedro Ferreira foi o grande campeão. Caio Okamoto fechou a bateria na segunda colocação. Em terceiro lugar finalizou John Muller e, a quarta posição ficou para o jovem Vini Palma.


Alison Cesar foi o campeão da categoria Longboard Masculino, deixando Noa Danucalov em segundo lugar, Juninho Argentino em terceiro e Rodmilson Scheurer na quarta posição.


Bibi Nogueira, da Praia Grande, mostrou todo o seu surfe e saiu vitoriosa da Sub14. A vice-campeã foi Carol Bastides e Livia Fugiwara terminou na terceira posição. Duda Rodrigues finalizou em quarto lugar.


Na Sub16 Masculino o grande campeão foi Tierres Alves deixando em segundo colocado Lukas Camargo. Os atletas Pedro Ferreira e Vini Palma completaram o pódio em terceiro e quarto lugares, respectivamente.


Na categoria Sub18 Masculino, o jovem Henrique Liberato fez por merecer e finalizou no topo do pódio, mas antes teve que deixar para trás Tierres Alves, que ficou com a vice colocação e Hugo Amparo em terceiro lugar. Thiago Doncev finalizou com a quarta colocação.


Já na Sub18 Feminino, a grande campeã Carol Bastides, outro fenômeno feminino de apenas 10 anos da Praia Grande. Em segundo lugar finalizou Luany Ribeirinho e em terceiro lugar Mel Yucari. Kemily Sampaio não competiu e finalizou em quarto lugar.


Quem ficou com o primeiro lugar na categoria Kahuna foi João Carlos Chaves. Edson Vieira finalizou na segunda colocação e Ricardo Americano na terceira. O quarto lugar foi conquistado por Alexandre Felício.


A vencedora da Sub 14, Bibi Nogueira, repetiu o feito na Open e garantiu sua vitória na principal categoria do circuito. Laura Agnes terminou na segunda colocação e Kaylane Souza em terceiro lugar. O quarto lugar ficou para Kemily Sampaio. Vale ressaltar que a atleta Kemily Sampaio não correu as baterias Sub18 e Open, no domingo, porque embarcou para disputar o QS do Rio de Janeiro representando a Associação Praia Grande de Surf.


E, por fim, Diego Bispo garantiu mais um troféu para sua estante ao vencer a Open no domingo, último dia de competições, mostrou seu surfe e venceu a bateria final deixando João Carlos Chaves na segunda colocação, Marcos Vale em terceiro e Lukas Camargo em quarto.


Fotos Henrique Crescente Fotografia



Ranking da 2ª e última etapa do Sculp APGS de Surf 2021


Masculino


Sub 10

1 – Vini Palma

2 – Leo Yagi

3 – Samuel Martinez

4 – Enrico Pissiquelli

SUP

1 – Macaruba

2 – Karl Stricker

3 – Luk Luciano

Sub 12

1 – Vini Palma

2 – Guilherme Noé

3 – Gabriel Yagi

4 – Nathan Felicio

Adaptado

1 – Thiago Jurgensen

2 – Rafael Rodrigues

3 – Vitor Iglesias

4 – Junior Reis

Master

1 – Anderson Robert

2 – Rodrigo Silva

3 – Marcos Vale

4 – João Carlos Chaves

Sub 14

1 – Pedro Ferreira

2 – Caio Okamoto

3 – John Muller

4 – Vini Palma

Longboard

1 – Alison Cesar

2 – Noa Danucalov

3 – Juninho Argentino

4 – Rodmilson Scheurer

Sub 16

1 – Tierres Alves

2 – Lukas Camargo

3 – Pedro Ferreira

4 – Vini Palma

Sub 18

1 – Henrique Liberato

2 – Tierres Alves

3 – Hugo Amparo

4 – Thiago Doncev

Kahuna

1 – João Carlos Chaves

2 – Edson Vieira

3 – Ricardo Americano

4 – Alexandre Felício

Open

1 – Diego Bispo

2 – João Carlos Chaves

3 – Marcos Vale

4 – Lukas Camargo


Feminino


Longboard

1 – Kaylane Souza

2 – Kettelyn Alves

3 – Priscila Dias

Sub 14

1 – Bibi Nogueira

2 – Carol Bastides

3 – Livia Fugiwara

4 – Duda Rodrigues

Sub 18

1 – Carol Bastides

2 – Luany Ribeirinho

3 – Mel Yucari

4 – Kemily Sampaio

Open

1 – Bibi Nogueira

2 – Laura Agnes

3 – Kaylane Souza

4 – Kemily Sampaio