top of page

Em ondas pesadas Felipe Gardelin e a argentina Catalina Mercere vencem em Massaguaçu



Mais uma vez as ondas grandes e pesadas marcaram a segunda etapa do Caraguatatubense de Surf 2022 -Taça Mitsuo Kashiura, que ocorreu no último domingo (18/09), onde o local Felipe Gardelin, e a argentina Catalina Mercere, venceram as categorias Open, a principal do evento.


Felipe Gardelin tinha perdido de cara na primeira etapa, mas dessa vez ele veio com mais foco para superar os atletas de peso, deixando Igor Silva em segundo colocado, Gilberto Alaby o “Giba”, na terceira colocação e Cristiano Andrade em quarto lugar.


“Primeiramente queria agradecer a Deus por essas ondas, além de estar aqui reunido com a família. Agradecer ao staff e a Associação organizadora por estar fazendo essa chamada com altas ondas. Massaguaçu é uma onda que eu treino, apesar de ter mudado para Ubatuba a muito tempo, mas sinto um carinho muito grande por essa onda massuda aqui de Caraguá. Estou feliz de ter ganhado esse evento”, disse o campeão Felipe Gardelin, que também levou o título de maior somatório do evento com duas ondas totalizando 15,67, dos 20 pontos possíveis na bateria.


Na categoria Feminino a atleta da Argentina, Catalina Mercere, de passagem pelo Brasil, venceu a surfista profissional de Maresias Laura Agnes, que ficou com a segunda colocação. Já a caraguatatubense Consuelo Ometto e a promessa Samira Stephany ficaram em terceiro e quarto lugares. "Muito feliz de ganha a final, estava difícil o mar, tinha altas ondas, consegui pegar duas boas, fiquei cansada, mas muito feliz", confessou.


Na sub 18 Masculino o grande campeão foi Kaynan Anthony, que superou Guilherme Balio segundo colocado, Renâ Prado terceiro colocado e em quarto Luca De Luna. “O Mar bem difícil e grande, muito vento com ondas grandes, mas sai campeão”.


Na Master, o grande campeão foi Igor Silva, que finalizou em primeiro, seguido de Bruno Basile em segundo, Gilberto Alaby em terceiro e Ademar Gomes “o Pequeno” em quarto. “o mar não está fácil para ninguém. Dois metros de ondas no Massagua é pesado, tem que ir lá no fundo esperar a boa que ela vem. Foram dois eventos irados, quero agradecer meus patrocinadores e dar graças a Deus pelos atletas que participaram, e a Associação que realizou esse evento”, disse o campeão da Master e agora vice-líder da categoria e líder da Open.


Na longboard masculino o campeão foi Nícolas Lopes, o “Jacaré”, de Itamambuca, Ubatuba, seguido do campeão da primeira etapa Marcelo Guimarães, o”Rasta”. Em terceiro ficou Gustavo Cursino e, em quarto, Túlio Dalpiaz. “Mais um evento, como vocês podem observar uma onda bem pesada. Segunda etapa com bastante onda. Consegui passar a semi com poucas ondas, e agora também veio o resultado que eu queria, o primeiro lugar”, disse Nícolas Lopes. A Longboard Feminino acabou não acontecendo por causa do número baixo de inscritas e foi transferida para a próxima etapa.


Na Gran Master o campeão foi Marcelo“Morcego”, seguido na segunda posição por Anderson Zilioli o “Africano”. Em terceiro ficou o vencedor da primeira etapa Ricardo Mello o “Totora” e em quarto Lugar ficou Ari Gandola. O mar estava muito difícil, tanto a entrada como a saída, o posicionamento, as ondas cheias de 'bamps', estava realmente uma prova de fogo, mar faixa preta, tem que merecer. Disse Marcelo Morcego que também ganhou o título de melhor onda surfada do evento com um 8,67, na semi-final da Gran Master.


A Associação de Surf de Caraguatatuba e do Litoral Norte Paulista (ASC-LN), acertou mais uma vez o dia do evento (18/09) em ondas de até dois metros com mais potência ainda do que na primeira etapa, na Praia de Massaguaçu. O evento é homologado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo a SPsurf.


O circuito promovido pela ASC-LN está homenageando o Sr. Kashiura, com o troféu "Mitsuo Kashiura", que será entregue aos campeões do circuito 2022. Kashiura faleceu este ano aos 90 anos e foi considerado o primeiro secretário de esportes da cidade de Caraguatatuba. Responsável pelo crescimento esportivo na cidade, entre eles o surf. O Sr. Kashiura deixou grandes feitos na cidade. Foi um dos principais a incentivar a fundação da Associação de Surf de Caraguatatuba, criada oficialmente dia 7 de junho de 1989. Como empresário, também patrocinou dezenas de eventos esportivos na região. "É uma homenagem justa a um homem que sempre lutou pelo bem das pessoas e do fortalecimento do esporte em nossa cidade", finalizou Luciano da ASC-LN.


Inscrições - Continuam abertas para a 3ª e ultima etapa que terá sua janela de espera de ondas a partir do dia 08/10 e custam R $50 para atletas filiados e R $100 para atletas não filiados. Mais informações pelo Whatsapp (12) 9.9743-1018. O start para a etapa deve ser confirmado pelo presidente \luciano Sant’anna através do instragran:


Na festa de encerramento do circuito a organização fechou parcerias com diversas bandas, e brindaremos os atletas e público com shows das bandas: PoderGround - Rap Nacional, Samamba - MPB - Reggae, *AFÊNIX - Reggae - Rock - MPB e a tradicional Bichos da Costeira - Reggae - Rock – MPB, Os shows devem acontecer no Espeticho Bar e restaurante apoiador do circuito.



O Caraguatatubense de surf 2022 conta com a apresentação de Silva Indaiá Supermercados. Patrocínio de Kashiura Papelaria, Huk Locação de Máquinas, Água do Mar Surf Shop, Sapê Surf School, Green comércio e serviços industriais e Leandrox Camisetas. Co- Patrocínio do Caraguá Praia Shopping, Forlim Multimarca veículos, tripanga Skibanana, Joy Dias seguros, Espeticho Bar e Restaurante, Pranchas Super Kort, Pranchas Litoral Norte Surfboard’s, Quiosque Balaio Caiçara e Tratabem Piscinas. Apoios da DN contábil, Colégio Tableau, Instituto Oceano, No Vaca Açaí e Velopraia Racing. Colaboração do Sport Life Surf Wear, Hinstorm Surf e Skate Wear, Sportfight Fight Wear, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba e dos quiosques Marsão, Canto Bravo, Mar Ativo, Ninho da Coruja, Alemão Fotografias e Guardião das costeiras. O Circuito Caraguatatubense de Surf 2022 conta com a homologação da SPSurf


Resultados


Open Masculino


1-Felipe Gardelin


2-Igor Silva


3-Gilberto Alaby


4-Cristiano Andrade

Open Feminino


1-Catalina Mercere


2- Laura Agnes


3-Consuelo Ometto


3- Samira Stephany


Sub 18 masculino


1-Kaynan Anthony


2-Guilherme Balio


3-Renã Prado


4-Luca De Luna

Master 35+


1-Igor Silva


2-Bruno Basile


3-Gilberto Alaby


4-Ademar Gomes


Longboard Masculino


1-Nícolas Lopes


2- Marcelo Rasta


3- Gustavo Cursino


4- Túlio Dapiaz


Gran Master


1-Marcelo “Morcego”


2-Anderson Zilioli


3-Ricardo Totora


4-Ari Gandola


Ranking após a segunda Etapa

Circuito Caraguatatubense de Surf 2022 - Taça Mitsuo Kashiura


Open Masculino


1 – Igor Silva 1.530 Pts


2- Kalany Tomazzy 1500 Pts


3– Felipe Gardelin 1450 Pts


4 – Ademar Gomes 1360 Pts

Open Feminino


1 - Consuelo Ometto 1.590 Pts


1 - Laura Agnes 1.590 Pts


3 - Samira Stephany 1.350 Pts


4- Catalina Mercere 1.000 Pts


4- Gabriela Cury 1.000 Pts

Master


1 - Bruno Basile 1.720 Pts


2 - Ademar Gomes 1.670 Pts


2 - Igor Silva 1.670 Pts


4 - Cristiano Andrade 1.285 Pts


Longboard Masculino


1 - Marcelo Rasta 1.860 Pts


2 - Nicolas Lopes 1.730 Pts


3 - Túlio Dalpiaz 1.530 Pts


4 – Gustavo Cursino 1.340 Pts


Gran Master


1 - Ricardo Totora 1.730 Pts


2 - Anderson Zilioli 1.590 Pts


3- Alexandre Gardelin 1.470 Pts


4 - Ari Gandola 1.340 Pts


SUB 18 Masculino


1 - Kaynan Anthony 1.860 Pts


2 - Luca de Luna 1.340 Pts


3 - Caio Rodrigues 1.000 Pts


4- Guilherme Balio 860 Pts


Longboard Feminino


1 - Cristina Brazil 1.000 Pts


2 - Dani Guimarães 860 Pts


3 - Katellyn Oliveira 730 Pts


249 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page