top of page

Giovanna Donato se destaca no 2º dia do Hang Loose Surf Attack 2022 entre as mulheres

O sábado será de semifinais para todas as categorias

Giovanna Donato - Hang Loose Surf Attack Camburi / Foto Munir El Hage O segundo dia do Hang Loose Surf Attack foi marcado pela forte atuação da sebastianense Giovanna Donato que imprimiu muita precisão nas manobras e conseguiu atingir a maior nota entre as mulheres nas ondas perfeitas e lisas que quebraram o dia inteiro, na Praia de Camburi, no evento que conta com os patrocínios da Sthill, Mobyou, Giga+ Fibra e Chilli Beans, e realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf).

Giovanna conquistou o seu 8,25 pontos no round 3, da Sub 16, numa bateria bem acirrada contra a ubatubense Maria Clara, a guarujaense Catarina Baragatti e a carioca Sarah Osório. Com a nota alta, a surfista foi premiada com uma deliciosa pizza da Porto da Praia Pizzaria, além de se estabelecer com folga para a fase 2 do evento. Na Sub 18, Giovanna também teve uma apresentação impecável e garantiu seu nome para a segunda fase de competições que acontecerão neste sábado.

Entre os homens, o vicentino Renan Rodrigues, também foi premiado com uma pizza, ao fixar 9,65 pontos, logo no round 1 da fase 3 da categoria Sub 18, e foi o primeiro atleta a garantir sua vaga para as semifinais do maior evento de surfe de categorias de base do Brasil. Renan provou a sua superioridade técnica e física abusando das rasgadas de frontside e batidas bem ao seu estilo para superar nomes fortes, como do paraibano Yuri Barros, e dos sebastianense Gustavo Neves e Chandler Ribeiro.

Para o sábado (22), terceiro dia de disputas, as categorias Sub 18 e Sub 16 já definiram os semifinalistas. Na Sub 18, além de Renan, também garantiram vagas os sebastianenses Matheus Neves, líder do ranking paulista da categoria e Murilo Coura, dono da maior nota do primeiro dia do Hang Loose Surf Attack 2022, além do paraibano Yuri Barros e dos ubatubenses Guilherme Fernandes e Kailani Renno.

Na Sub 16, estão garantidos nas semifinais o bertioguense Caio Okamoto, os sebastianenses João Vitor, que detém o título paulista de 2021 e novamente Matheus Neves, e os ubatubenses Pedro Henrique, Guilherme Fernandes e Kalani Robles.

O dia também foi de disputas para as categorias masculino sub 12 e 14 e feminino sub 12, 14, 16 e 18. As semifinais acontecerão nesta sexta-feira, após a conclusão das próximas fases.

Durante o dia, cerca de 30 alunos da Escola Municipal Sebastiana Costa Bittencourt, da Barra do Una, compareceram ao evento para conhecerem como funciona um evento de surf. Na ocasião fizeram a trilha de Camburizinho e tiveram uma palestra de conscientização ambiental ministrada pela Associação de Surf de Camburi (ASCAM).

Os alunos também participaram de gincanas com o palhaço Saracura e tiveram um bate papo legal com atletas do campeonato. A ação faz parte de um projeto idealizado pelo inspetor da escola, Fabiano Ferreira, que também é locutor da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf) e pela professora Eliana Oliveira, de Educação Física. Por meio deste trabalho os alunos também recebem aulas de surf, entre outras atividades ao ar livre da grade curricular da escola.

O Hang Loose Surf Attack 2022 conta com os patrocínios da Sthill, Mobyou Mobilidade Elétrica e GiGa+ Fibras. É realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf). Apoios: Sicrupt, Manga Wax – Aderindo pelo Mundo, Garytos, Sim sucos, Sorvetes Rochinha, Pizzaria Porto da Praia, Nuty Açaí, Odara Alfajores, Taitiro’s Restaurante, Horti Fruti Betel, Sun Tech Grip Sistem, Special Boards, Keahana Blanks, Waves Now, Chilli Beans, Hotel Camburi Praia, Soul Electric, Giga + Fibra. Colaboração: Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Esportes, Associação de Surf de São Sebastião - ASSS e Associação de Surf Camburi - Ascam. Divulgação Waves.

21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page