top of page

Hang Loose Surf Attack 2022 decide sete título antecipadamente no sábado em Camburi

No domingo, acontece a final da Sub 18, e as finais para decidirem os campeões da terceira etapa e o título da Copa São Paulo, que revelará a cidade campeã 2022, além do confronto Peru x Seleção Paulista

Sol Carrion, campeã paulista Sub 18 do Hang Loose Surf Attack Camburi / Foto Munir El Hage

No terceiro dia de competições da terceira e decisiva etapa do circuito mais tradicional do Brasil, seis atletas já consolidaram seus nomes, antecipadamente, como Campeões Paulistas e uma competidora de outro estado garantiu o título do Circuito Hang Loose Surf Attack 2022, evento que conta com os patrocínios da Sthill, Mobyou, Giga+ Fibra e Chilli Beans, que acontece na Praia de Camburi, no Litoral Norte de São Paulo, realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo com apoio da Prefeitura Municipal e das associações de surf de São Sebastião e Camburi.

A única final, das categorias de base, que ficou para ser decidida no domingo foi a Sub 18, que vale uma moto Scooter Elétrica Mobyou zerada, e promete ser muito acirrada devido ao nível técnico de surf dos competidores. Estão na disputa do troféu paulista o sebastianense Matheus Neves, líder do ranking e atual campeão paulista Sub 16 de 2022, Murilo Coura, campeão Brasileiro Sub 14 em 2020 e bicampeão Paulista Sub 12 e Sub 14, e os ubatubenses Kailani Rennó e Guilherme Fernandes.

Sol Carrion, Carol Bastides, Giovanna Donato, John Muller, Matheus Neves e Vini Palma são os atuais campeões paulistas de 2022, e a paranaense Luara Mandelli a campeã do circuito Hang Loose Surf Attack 2022, todos atingiram pontuações altas durante as etapas e foram anunciados com antecedência, no sábado (22/10), antes das grandes finais que ainda irão acontecer neste domingo (23/10).

Na Sub 12, o surfista da Praia Grande, Vini Palma, teve atuação praticamente impecável em 2022. Ele foi campeão da última etapa do Circuito Brasileiro de Surf de Categorias de Base, e neste sábado, Vini sagrou-se o campeão paulista do ano, após avançar em sua bateria. A grande final que irá decidir o vencedor da terceira etapa será contra o ubatubense Davi de Souza, o baiano Bernardo Bicalho e o carioca Nicolas Oliveira.

No Feminino Sub 12, ao se classificar para a final, a praiagrandense atual campeã brasileira, Carol Bastides, brilhou e garantiu o segundo título consecutivo paulista, a bicampeã faz a grande final contra a bertioguense Isabel Meyer e as guarujaense Paula Stefani e Julia Stefani.

A sebastianense Sol Carrion já estava na liderança do ranking da Sub 18, e consolidou sua vitória no título paulista em 2022 ao avançar para as semifinais. Sol leva para casa o grande prêmio do evento, uma Scooter Elétrica Mobyou zerada. A final da etapa será contra as sebastianenses Yasmin Neves e Giovanna Donato.

No Masculino Sub 16, Matheus Neves foi o grande campeão paulista. A grande final para definir o vencedor da etapa será disputada contra os ubatubenses Pedro Henrique, Guilherme Fernandes e o bertioguense Caio Okamoto.

No Feminino Sub 16, Giovanna Donato é a grande campeã paulista 2022, neste domingo o título da etapa será disputado numa final com a ubatubense Marina Suguimoto, e a paranaense Luara Mandelli.

Na Sub 14 Feminino, a paranaense Luara Mandelli levou a melhor e garantiu o título de campeã do Circuito Hang Loose Surf Attack 2022, porém, o título paulista ainda está indefinido. A única paulista na grande final é a ubatubense Maeva Guastalla, que competirá contra a campeã do circuito, Luara, a carioca Sarah Osorio e a peruana Aissa Chuman, mas para ela se consolidar a campeã estadual precisa vencer a etapa, caso contrário Natália Gerena, da Ilhacomprida, será a grande campeã estadual 2022, por se manter melhor rankeada.

Para este domingo ainda está previsto, além das finais, o Giga + Best Performance, onde os atletas, masculino e feminino, que alcançarem a maior somatória do campeonato levam, cada um, um bloco de prancha de surfe como prêmio da marca Keahana. A etapa também reserva R $1.000,00, dividido, entre os vencedores do Manga Wax Air Show e Sicrupt Girls Best Trick - melhor Manobra Feminino - (R$500 cada).

Copa São Paulo – A Soul Electric é a apresentadora oficial da Copa São Paulo e a cidade que for anunciada campeã neste domingo terá um crédito com a Federação de Surf do Estado de São Paulo, que se compromete em ajudar na realização da 1ª etapa do municipal de 2023, investindo 4 mil reais em premiação (blocos e acessórios de surf para os atletas) e um (1) mil reais para ajudar nos custos do staff técnico. Totalizando o investimento de 5 mil reais. A cidade de São Sebastião continua na liderança, seguida por Ubatuba, Guarujá, Bertioga, Santos, Praia Grande, Caraguatatuba, Ilha Comprida, Peruíbe, Itanhaém, São Vicente, Grande São Paulo e Mongaguá.

Após a Copa São São Paulo, acontece a competição Tag Team entre a equipe peruana x Seleção Paulista, que será formada com os atletas das quatro cidades melhores colocadas de 2022.

Os troféus da 35ª edição do Hang Loose Surf Attack que os atletas levarão para suas casas são produzidos pelo Projeto S.I.R.I , que trabalha seriamente a questão da sustentabilidade, transformando lixo em produtos de arte e investindo cada vez mais na educação e conscientização ambiental.

80 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page