top of page

Luana Reis e John Muller abrem o Hang Loose Surf Attack 2023 com as maiores somatórias


Atelta Luana Reis, Hang Loose Surf Atack 2023 / Foto Erik Medalha

A campeã sebastianense e vice-campeã paulista 2022, Luana Reis, e o atleta do Guarujá, John Muller, atual campeão estadual Sub 14, foram os destaques na abertura do Hang Loose Surf Attack 2023 apresentado pela Prefeitura Municipal de Mongaguá com patrocínios da Sthill, Garytos e Soul Electric Praia Grande, nesta sexta-feira (19) de altas ondas que quebraram no Píer de Mongaguá, com a conquista das maiores notas. O evento é realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf) com apoio da Associação de Surf Píer de Mongaguá (ASPM).

Competindo na categoria Sub 18, Luana Reis, na sua estreia, iniciada nas quartas de final, e total domínio nas grandes ondas da Plataforma, garantiu a melhor performance do dia, com a maior nota somando 9,25 pontos de 20 possíveis entre as meninas de todas as categorias.

Já o guarujaense John Muller, na Sub 16, também fez bonito nesta sexta-feira, garantindo a maior nota até agora entre os meninos. Mostrando conhecer bem o pico, ele garantiu um 13,40 dos juízes, em ondas muito bem surfadas, com manobras de borda.

Na lista dos melhores do dia ainda aparecem Matheus Neves, de São Sebastião, e Guilherme Fernandes, de Ubatuba, que empataram com a segunda maior somatória do dia, 13,25 cada. Ambos avançaram em suas baterias e agora vão se encontrar na mesma semifinal. Entre as meninas, além da Luana Reis, também se destacaram as ubatubenses Marina Suguimoto (8,65) e Luiza Savoi (8,60), com bons desempenhos e boas somatórias. Todas classificadas para a próxima fase.


Atleta John Muller, Hang Loose Surf Atack 2023 / Foto Erik Medalha

Outro nome que chama a atenção é do João Vitor, que com apenas 14 anos, avançou em categoria superior a sua, na Sub 16, e está na semifinal. Natural de São Sebastião, João, foi mais um surfista que se sobressaiu, com bons desempenhos nas ondas da "Califórnia Brasileira", como é conhecido o Píer de Mongaguá. Ele também competiu na Sub 18, tentou, mas não alcançou bons resultados.

A competição segue neste sábado a partir das 8h, e quem não puder ir até a praia, tem a opção de acompanhar tudo ao vivo na transmissão pela internet, é só clicar AQUI .

A competição começou com 204 surfistas dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia e Espírito Santo e segue até domingo (21), dia das grandes finais desta primeira etapa.

O Hang Loose Surf Attack 2023 conta com os patrocínios da Sthill, Garytos e Soul Electric Praia Grande . Apoios: Manga Wax, Keahana, Sun Tech, C-Four Shaper Supply, Litoral Atacadista Bebidas Alimentos, The One, WavesNow, Nuty Açaí, Odara Alfajores, Rubber Stick, Ymage Impressão Digital & Sinalização, Ecosurf e Janjão Bordados. Colaboração: Prefeitura Municipal de Mongaguá, por meio de sua Diretoria de Esportes, Lazer e Juventude de Mongaguá e ASPM (Associação de Surf Píer de Mongaguá). O evento é supervisionado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf).


63 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page