Presidentes da SPSurf e ASVS se reúnem com o secretário de esportes de São Vicente


Foto Charles Roberto


A cidade pode receber três eventos da modalidade ainda em 2021


O surfe vicentino foi a pauta principal no gabinete do secretário de esportes de São Vicente, Wagner Paraguay, na última quinta-feira (8), com a presença dos presidentes da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), Zé Paulo e da Associação São Vicente de Surf (ASVS), Lucinei Mallas, onde foram apresentados três eventos de surfe no município. O encontro foi intermediado pelo Vereador Adilson da Farmácia, que está apoiando a causa dos surfistas.

Na oportunidade, foram apontados meios para colocar em prática a realização de uma etapa do SP Surf Treino, projeto da Federação que garante ao atleta pontuação para o ranking estadual, uma etapa inédita do Circuito Estadual na cidade e uma etapa do tradicional Circuito Municipal, considerado um dos melhores do Estado em termos de organização e premiação.

Na ocasião, o presidente da ASVS, também pleiteou a manutenção da parceria da Associação com a Escola de Surf de São Vicente com o objetivo de que a prefeitura e a Secretaria de Esportes invistam neste espaço e o transformem em um Centro de Treinamento para Surfistas, nos moldes da Cidade de Santos, para onde muitos surfistas de São Vicente acabam sendo acolhidos por oferecerem mais estruturas.

“Nós temos atletas de ponta aqui na cidade. Nós trabalhamos para a nossa categoria de base, mas sempre nossos atletas acabam representando a cidade vizinha. Está na hora de mudarmos isso. E, a Escolinha de Surf, com o apoio da ASVS, tem condições de realizar este trabalho. Porém, tudo depende de uma atenção maior da Prefeitura e da Secretaria de Esportes da nossa cidade. E os campeonatos são importantíssimos aos atletas”, disse o presidente da Associação, Lucinei Mallas, que comanda uma entidade com mais de 20 anos de história. Mallas, em seu segundo mandato, é ex-surfista profissional e empresário na cidade.

Para o presidente da SPSurf, Zé Paulo, o surfe tem um novo olhar e merece mais respeito. “Nós somos donos de quatro títulos mundiais. Desses, três títulos são conquistas de atletas de São Paulo, Gabriel Medina e Adriano de Souza. E somos esporte olímpico agora e com grandes chances de medalha de ouro. Temos que ter um investimento sério. A cidade de São Vicente, nesta gestão, pode ser lembrada por ter realizado, pela primeira vez na história da cidade, uma etapa do Estadual de surfe e fortalecer a modalidade junto aos atletas e opinião pública. É pra se pensar”, ressaltou o presidente da SPSurf.

“A primeira cidade do Brasil e praticamente do surfe, nunca teve uma etapa deste porte. Temos que envolver outras pastas como Meio Ambiente, Cultura e Turismo para chegarmos num denominador comum. Tenho certeza que com boa vontade de gestão conseguiremos colocar em prática todos os projetos apresentados. A Federação está de portas abertas para ajudar no que for preciso. E tenho certeza que a ASVS também. Um dos trabalhos já está bem adiantado com a ASVS, que é o projeto SPSurf Treino e em breve divulgaremos a data”, finalizou Zé Paulo.

O secretário de esportes, Wagner Paraguay, destacou a importância da ASVS e se comprometeu em avaliar todas as reivindicações apresentadas. “Com certeza vamos estudar todos os pedidos que foram expostos pelos presidentes das entidades. E a ASVS se torna, a partir de agora, peça fundamental em todos os projetos, principalmente nos desenvolvidos pela Escolinha de Surf”, disse.

Para o vereador Adilson da Farmácia, forte aliado dos surfistas, destacou em sua fala que tanto a parceria da Escolinha com a ASVS, quanto aos campeonatos programados ficarão mais fáceis de se realizarem se o poder público se empenhar em ajudar. “Nós temos que manter a qualidade dos nossos campeonatos, que é reconhecido por toda a comunidade do surfe como um dos melhores. Não podemos perder este título. A concentração de esforços de todos é a receita para que o surfe vicentino se mantenha em evidência. A minha parte, enquanto vereador, continuarei atuante em prol deste esporte”, comentou.

Participaram também do encontro o Diretor de Marketing da ASVS, Eduardo Castro, um dos idealizadores da Escola de Surf e Técnico da Equipe Vicentina de Surf, Ricardo Mello e o Chefe do Dpto de Esportes Radicais de São Vicente, Hélio William Gorga.

Foto Charles Roberto



37 visualizações0 comentário