top of page

SPSurf e APGS são homenageadas em cerimonia do surf na Praia Grande


Foto Mauro Carvalho


No último dia 23 de novembro, a cidade da Praia Grande foi palco de uma celebração histórica para o surf brasileiro. A atmosfera praiana ganhou contornos de festa e conquista, marcando a entrega do inédito título da Copa São Paulo de Surf ao município e a consagração da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf) com o troféu do 16º título de campeão brasileiro por equipes.


O local escolhido para esse momento especial foi o Barzin, um cenário emblemático que se tornou testemunha da consagração do surf paulista. O ambiente descontraído, com a brisa do mar como pano de fundo, proporcionou o palco ideal para homenagear os protagonistas desse feito inédito.


A cerimônia contou com a distinta presença da prefeita de Praia Grande, Rachel Chini, fortalecendo ainda mais o laço entre a administração municipal e o esporte que se tornou parte intrínseca da cultura local. O prestigiado evento contou também com a participação do Dr. Luís Carlos do Carmo, Diretor do DEINTER de Santos, personagem fundamental no suporte às atividades de segurança na região. "Quero demonstrar todo o meu respeito pelo trabalho realizado pela Associação de Surf da Praia Grande e pela Federação que obtiveram esses maravilhosos resultados para o surf local, da minha cidade e também para o Estado de São Paulo e deixar um recado importante para esses jovens atletas para que nunca desistam dos seus sonhos", disse.


A presença ilustre do presidente da SPSurf, Zé Paulo, trouxe um brilho adicional à celebração. Seu papel como líder da federação destacou-se na conquista do 16º título de campeão brasileiro por equipes, consolidando o Estado de São Paulo como uma potência no cenário nacional da modalidade surf. "Esse é o 16º título que São Paulo conquista, os últimos três, consecutivamente, na minha gestão. E posso afirmar que neste troféu há um pouco do trabalho de todos vocês, no staff, dos montadores de palanque, dos pais de atletas e principalmente dos nossos surfistas que mostraram o quão são merecedores da nossa atenção e trabalho e para 2024 muita coisa boa está por vir", destacou em sua fala.


A Associação Praia Grande de Surf (APGS), representada pelo seu presidente Michael Cardoso, teve um papel fundamental na organização e promoção do evento. A dedicação da associação em fomentar o esporte e proporcionar oportunidades para os talentosos surfistas locais foi evidenciada nessa conquista coletiva. "Este é um título inédito para a nossa cidade, fruto de muito esforço. Só tenho a agradecer toda a atenção que a Prefeitura nos dá, com o seu apoio aos atletas e ao Zé Paulo, pelo trabalho incansável que vem fazendo à frente da SPSurf", comentou.


Para o diretor do Jornal A Gazeta do Litoral Abdul Hadi, que promoveu o evento em parceria com a SPSurf, afirmou que a festa A Noite do Surf, superou todas as suas expectativas. "Foi uma festa maravilhosa e com convidados muito ilustres e pretendemos manter esta união para que em 2024 possamos fazer algo mais grandiosos", enalteceu.


O clima de festa foi intensificado pela presença de atletas como Vini Palma, Carol Bastides, Maria Eduarda, Alex Riberio, atual campeão paulista, Renan Rodrigues, Kiany Cristina, Claudio Staniecki, Bibi Nogueira, os irmãos Leo e Gabriel Yagi, Kemily Sampaio, Yasmin Neves, Israel Braga e convidados especiais, que compartilharam o entusiasmo e a alegria desse momento marcante para o surf paulista. A trilha sonora da noite ficou por conta da banda do Grillo, que embalou a celebração ao som envolvente do rock 'n' roll.


Banda do Grillo / Foto Mauro Carvalho


Assim, a entrega do título da Copa São Paulo de Surf à Praia Grande e a consagração da SPSurf como campeã brasileira por equipes foram mais do que conquistas esportivas; foram eventos que fortaleceram os laços entre a comunidade, os atletas e os gestores, demonstrando o poder unificador do surf no cenário esportivo e cultural do estado de São Paulo.







90 visualizações0 comentário
bottom of page