top of page

Seis títulos serão definidos no BST/Paulista de Surf Profissional que começa nesta quinta (01/12)


Dos títulos em disputas, nesta última etapa do Brasil Surf Tour, que conta com a homologação da Federação de Surf do Estado de São Paulo, um é mais que especial e inédito para as mulheres


Foto Munir El Hage


A direção técnica do Brasil Surf Tour é do campeão mundial, ídolo e comandante Adriano de Souza, o Mineirinho, que esteve presente em todas as etapas do BST, e não será diferente nesta última que está previsto para acontecer de 1 a 3 de dezembro, na capital do surf, em Ubatuba, na praia de Itamambuca.


As etapas aconteceram nas "casas" dos campeões mundiais, exceto a terceira, que ocorreu em Itacaré. A Primeira foi em Maresias, pico de Gabriel Medina, tricampeão mundial de surfe. A segunda em Baía Formosa, terra do campeão mundial e olímpico Ítalo Ferreira e, agora, a quarta e última, será realizada no quintal do atual campeão mundial de surfe, Filipe Toledo, em Ubatuba.


Estão seis títulos em jogo nesta última etapa (Masculino e Feminino). Serão definidos os campeões desta última etapa, os campeões paulistas profissionais de 2022, onde será revelada a primeira mulher campeã nesta categoria na história do surfe do Estado de São Paulo, e os campeões do Circuito Brasil Surf Tour.


A atleta Sol Carrion, de São Sebastião, é a líder do ranking feminino paulista profissional e com grandes chances de conquistar o inédito título. E o praiagrandense Alex Ribeiro encabeça o ranking masculino.


Já pelo Circuito BST, que também terá seus campeões anunciados, quem lidera é o paraibano radicado em Santa Catarina, José Francisco, o Fininho, que promove uma "vaquinha" para correr a última etapa e com grandes chances de ser o campeão do Circuito BST de 2022.


Na categoria feminina, a carioca Julia Duarte, segue na frente em uma disputa apertada com as paulistas Júlia Santos e Sol Carrion e a pernambucana Monik Santos.


Nas duas etapas paulistas, o BST irá distribuir o valor de 160 mil reais em premiações, 80 mil em cada etapa. Ao todo, nas quatro etapas que compõem a temporada de 2022 (Maresias, Itacaré, Baía Formosa e Ubatuba), o valor será de 320 mil reais.


Nesta última etapa, estão previstas a participação de 96 atletas na categoria masculina e 32 na feminina.



31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page