Recém chegado de El Salvador, João Vitor, mira o pódio na Sub 14 no Hang Loose Surf Attack

Atualizado: 16 de mai.


João Vitor durante o Hang Loose Surf Attack 2021, em Camburi / Foto Munir El Hage


Atual líder do ranking sub12 paulista, João Vitor, acaba de voltar de El Salvador, onde treinou muito nos swells alinhados de Punta Roca e Las Flores e, agora, se diz preparado para competir na abertura da 34ª edição do Hang Loose Surf Attack, que conta com os patrocínios da Sthill e Mobyou e almeja o pódio na Sub 14.

A primeira etapa do campeonato de base mais tradicional do Brasil está prevista para acontecer entre os dias 20 a 22 de Maio, nas ondas do Píer de Mongaguá, que há décadas não recebia uma etapa do estadual. O evento é realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo – SPSurf e terá transmissão ao vivo pelo sistema Wave Data.

Nesta edição, Joãozinho, 13 anos, local da Praia da Baleia, São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo, irá em busca do título na Sub14. "Tenho treinado muito. Acabei de voltar de El Salvador, foram 15 dias incríveis de ondas perfeitas. Essa trip foi muito importante para mim. O ano de 2022 promete e farei de tudo para repetir o pódio de campeão, só que neste ano na Sub14", disse o jovem que também tem como locais de treinos a Praia de Camburi, onde adora realizar suas batidas de frontside e backside, manobras preferidas.

Com nove anos de surfe competição, João já possui dois pódios no Hang Loose Surf Attack, que neste ano traz a temática da alimentação saudável . "Eu adorei o tema deste ano, focado na alimentação. Tento ao máximo me manter bem alimentado, importante para o meu desenvolvimento. Acho o Hang Loose Surf Attack um campeonato muito bom, é o melhor do Brasil nas categorias de base", destacou. Atualmente o jovem conta com os apoios da Fiolux, Felipe Lucas Shaper, BananaWax e North Shore Trainer.

O Hang Loose Surf Attack é uma competição voltada para surfistas com até 18 anos completos em 2022. Nesta edição a organização pretende reunir mais de 200 atletas de várias localidades do Brasil, nas categorias Sub12, Sub14, Sub16 e Sub18, feminino e masculino. Vale salientar que os nomes que estiverem nas listas de participantes desta edição do Circuito devem preencher, obrigatoriamente, as fichas de inscrição e filiação, no site da SPSurf www.spsurf.com.br.

Premiação – Os pódios do 1º ao 4º lugares, de todas as categorias, em cada etapa, vão receber premiação em dinheiro, parafinas MangaWax, blocos de prancha, leashs, entre outros brindes. As etapas também reservam R $1.000,00, dividido, entre os vencedores do Manga Wax Air Show e Sicrupt Girls Best Trick – melhor Manobra Feminino – (R$500 cada). Ao final do circuito, os atletas de São Paulo, que forem anunciados campeões do ranking Estadual de Categorias de Base 2022, da Sub 18 (masculino e feminino), vão receber, cada um, uma Scooter Elétrica Mobyou, zeradas. O Hang Loose Surf Attack 2022 conta com os patrocínios da Sthill e Mobyou. Apoios: Keahana Blanks, Special Boards, Protetor Solar Suntech, Delab Design, Sim Suco, Sicrupt Beachwear, Parafinas Manga Wax, Waves Now, Nuty Açaí, Odara Alfajor e Pousada Plataforma, Hotel Ohana Beach, Hotel Basílio, Pousada Beira Mar. Divulgação: Waves. Colaboração: Prefeitura Municipal de Mongaguá, por meio de sua Diretoria de Esportes, Lazer e Juventude de Mongaguá e ASPM (Associação de Surf Píer de Mongaguá). O evento é supervisionado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf).



37 visualizações0 comentário